terça-feira, 23 de setembro de 2008

Pode chegar que a festa vai é começar agora!

Quase um mês sem escrever aqui. Confesso que senti falta. Afinal sem o teatro e minha terapia é este mundo blogueiro que tem sido minha válvula de escape (claro sem esquecer do BOOOM e velho CHOCOLATE)...hehehe...

Nestes vinte e poucos dias sem escrever muita coisa aconteceu... Mas hoje tô fazendo questão de escrever pois para mim é uma data muito especial. Há dois anos atras neste mesmo dia eu estava na mesma situação: aflita com as eleições e com os problemas da vida.

Nunca esqueço: Fevereiro de 2006 indo para um curso de formação e plenária estadual da UJS (pra variar), em Montenegro que recebi a ligação da minha mãe no meio da viagem:

"- Pois é, a Dra. Andréia entregou o resultado dos exames. Tô com um pequeno tumor no pulmão."

Claro que na hora não caiu a ficha. O que caiu foi só uma lágrima. Eu, a mais nova de casa, fui a última a ter a ficha caída. Na verdade a minha só caiu quando as longas madeichas loiras da dona Arminda encheram a roupa de cama na manhã de um sábado.

E foi ali, umas duas semanas antes do meu aniversário, seguindo com a UJS que comecei a me preparar para uma batalha. Mas essa batalha dá um livro, e será um livro, porque eu prometi a mim mesma que ainda vou escrever essa história.

Mas o setembro de 2006 "não estava no script". Anciosa com a cobertura das eleições que eu era responsável por toda produção na TVE, anciosa com a campanha da Manuela deputada federal, anciosa com a cirurgia de minha mãe. E foi no final de semana anterior ao da cirurgia, numa sexta-feira, festa de aniversário da UJS e da dona Gisele, reta final das eleições que eu fui internada com uma grave trombose na perna. Eu não conseguia acreditar: ia ficar sem ir a festa que tanto corri pra organizar junto da galera, ia ficar sem cobrir "o dia D" das eleições, sem votar pela primeira vez e sem poder estar do lado da minha mãe!!!

E foi assim mesmo... Eu no quarto de um hospital e ela em outro quarto, de outro hospital. Meu pai correndo feito um louco, minha madrinha sem dormir. O que prevaleceu foi a união da minha grandeee família e o apoio dos meus maravilhosos e verdadeiros amigos!!

Dois anos se passaram, no meio de tudo isso veio outro tumor na cabeça, ficou uma seqüela na minha perna, a Manu se elegeu (e ainda arrumou um brinde pra mim...heheeh). Hoje, curada do câncer a dona Arminda já tem novos cabelos, eu um novo brinde, e todo mundo que desde 2006 já fazia parte desta história tem um novo e lindo desafio: eleger manuela prefeita!

A diferença é que a festa da vitória para mim começa HOJE! E só vai parar no dia 05 de outubro. Porque desta vez eu não vou ter que ficar aguentando a UJS inteira me ligando do meio da festa da vitória enquanto eu tava numa cama de hospital...hahahaha... Dessa vez vai estar TODA MINHA FAMÍLIA E TODA A UJS JUNTAS comemorando a nossa ida para o 2º turno!!!

E como O homem falou...PODE CHEGAR QUE A FESTA VAI É COMEGAR AGORA!!!

Embalos marcantes:





1) Dona Arminda careca e Paulinha "duduti"
2) TVE - Grandes jornalistas (Adriana Paranhos e Marise Fetter) com suas melhores produtoras (Eu e Vanessa)
3) As únicas gremistas da casa
4) Redação da TVE e sua gente colorida
5) Minha primeira plenária da UJS...hahaha...olha a Gisele do meu lado e a Manu lá no canto em baixo a direita!

4 comentários:

Soninha disse...

Que bom te ver bem, minha mocinha!
Espero que esse entusiasmo não se perca jamais.
Beijo

Luciana! disse...

ai Natyyy...

Cheguei a chorar quando li teu texto e me dei conta que todo mundo ainda permanece na mesma luta, cada um com sua força, cada um com sua tarefa, cada um em um canto da cidade, mas todos no mesmo objetivo: eleger a Manuela prefeita!

No dia 5, é 65!

beijo

Tudo do cotidiano disse...

Parabéns por não ter desistido, ter lutado. Vocês venceram!
Vamos brindar hoje, no dia 5 e no dia 26. Vamos brindar à vida que fica mais junta.

grande beijo

Helenira disse...

Nossa! Demorei pra chegar aqui e ler esse texto maravilhos, que aperta a garganta! Sempre soube que eras uma mulher forte e incrível, mas não sabia os motivos, agora sei! VIDA!
Que bom q tudo ja passou, pena que não chegamos ao 2º turno, mas bom que vamos continuar convivendo e aprendendo uns com os outros!
Ti adoro muito guria!
Beijos